Do que é feita a composição do vidro?

Existem relatos de que o vidro começou a ser utilizado por volta de 7.000 a. C. e que a sua descoberta ocorreu por acaso quando navegadores que faziam fogueiras nas praias notaram que a mistura entre areia, calcário das conchas e fogo deram origem a esse material. Mas deixando a parte história de lado, atualmente a composição do vidro é feita com calcário, areia, barrilha ou óxido de alumínio e corantes ou descorantes.

A partir da junção desses compostos dá-se origem a uma das matérias-primas mais utilizadas na construção civil e que é usada na fabricação de diferentes tipos de vidros.

Principais opções de vidro

A partir da composição do vidro é possível conseguir variados tipos de vidro, sendo que na atualidade os mais utilizados são o float, temperado e laminado.

O float, ou também chamado de cristal, é o mais comum de todos e é muito usado para a fabricação de portas, janelas e espelhos. Ele conta com a composição do vidro básica, sem passar por nenhum tratamento especial e, com isso, é mais barato, porém também mais frágil.

O temperado é considerado um dos melhores do mercado e tem uma resistência cinco vezes maior do que a dos outros vidros. Esse também é feito com a composição do vidro mais simples, porém passa por uma têmpera que o aquece a uma temperatura de cerca de 700ºC para em seguida resfriá-lo, promovendo um choque térmico. Graças a isso esse é um vidro forte, com alta durabilidade e seguro, sendo usado em janelas, fechamentos de varandas, divisórias, boxes de banheiro e muito mais.

Já o vidro laminado é feito com duas placas que tem a composição do vidro comum, porém que são unidas por uma película plástica, se tornando altamente resistente, sendo considerado um vidro de segurança. Assim ele é muito aplicado em guarda-corpos e degraus.

Vantagens da composição do vidro

Mesmo que a composição do vidro seja simples e padronizada é devido a ela que esse material possui tantas vantagens tal como:

  • Alta transparência;
  • Boa resistência e durabilidade;
  • Beleza;
  • Baixa necessidade de manutenção;
  • Facilidade de limpeza.

Além disso, é através dela que se conseguem diferentes cores, formatos, espessuras e medidas de vidro que se adaptam a todos os locais e a diferentes decorações. Esse é um material que confere sofisticação aos espaços e que pode ser usado em fachadas de lojas, divisórias, portas, janelas e muitos outros produtos.


Regiões onde a Vidraçaria Ideal atende composição do vidro:


Principais regiões do Brasil onde a Vidraçaria Ideal atende composição do vidro: